segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Um pouco do Brasil no século XXI

Em mais uma referência demografia, queria agora abordar a população brasileira. Como muitos devem saber, o Brasil vem crescendo muito rapidamente a mais de 100 anos, tanto é que na Copa de 70, 41 anos atrás, cantavam "90 milhões em ação, pra frente Brasil".. e  hoje teríamos que cantar "190 milhões em ação". O brasileiros mais que dobraram sua população nos últimos 40 anos e a tendência é ainda aumentar mais, mas.. muito mais lentamente! 

Nesse início do século XXI o Brasil passa por uma período de amadurecimento e diminuição da sua taxa de natalidade. Os brasileiros estão se casando menos do que décadas atrás, e quando casam, casam mais tarde e têm menos filhos. Hoje em dia a taxa de filhos por mulher em idade fértil está por volta de 1,8, abaixo da taxa de 2,1 responsável por mantém a população estável, mostrando que dentro de 20 ou 30 anos os brasileiros serão menos jovens e mais idosos ( pois por aqui cada vez se vive mais, atualmente mais de 70 anos ), e a população pode começar a decrescer, tendo um perfil parecido com a população européia de hoje. Ficando mais velhos, os brasileiros estão cada vez menos religiosos.. assunto que merece uma postagem só pra ele, é interessante notar que o número de evangélicos que vinha crescendo bastante, praticamente está se estabilizando e os católicos vem diminuindo muito: em 1980, 89% dos brasileiros se declaravam católicos, em 2010.. estimou-se que estes sejam entre 60% e 65%. 

Como comentei, em algumas décadas poderíamos ter índices parecidos com os europeus hoje, mas precisamos de outros fatores para nos tornar-mos desenvolvidos ou quase isso: continuar crescendo economicamente, diminuir a desigualdade entre ricos e pobres e o indice de criminalidade, por que nenhum país pode ter taxas altas como as nossas, é absurdo! E dar um  UP na infra estrutura e investimentos: com cidades mais modernas, muito menos favelização e mais moradia decente, portos e aeroportos de qualidade, auto estradas que prestem, sistema de trêns entre as cidades e metrô dentro delas e de preferência, dar uma mudada nas nossas mentes, no modo brasileiro de pensar com menos de jeitinho brasileiro e mais eficiência mesmo, por que isso as vezes faz com que sejamos muito paliativos.. não demos muita importância a política, a roubalheira que rola, à precariedade de escolas e hospitais... aí super faturam-se obras, rouba-se dinheiro público, o filho de presidente fica milionário do nada, os deputados aprovam aumentos de salário para eles próprios e não se investe como deveria. 

Dinheiro há e vem muito mais por aí com o crescimento econômico que segue, mas é revolucionando a educação e as mentes dos brasileiros, fazendo deles mentes mais pensantes e críticas, que o Brasil terá chances mais reais de se tornar o país de futuro, passando quem sabe um dia, ao país do presente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário